Blog

Dourado é tendência na decoração

Juliana Duarte

A cor marca presença em diferentes ambientes da Casa Cor SP 2014 e mostra que chegou para ficar nesse inverno

Tons metalizados estão em alta na decoração e atraem olhares para os projetos devido ao brilho e ao charme que imprimem aos ambientes. Em 2013, as coleções de verão de grifes famosas, como Giorgio Armani, Versace e Alexander McQueen, já mostravam que é possível deixar o básico de lado e apostar no dourado sem cair no exagero. E tal característica foi logo percebida por arquitetos e decoradores.

Para compor com os móveis de madeira e os revestimentos marrom, a arquiteta Brunete Fraccaroli usou diversas peças em dourado

Para compor com os móveis de madeira e os revestimentos marrom, a arquiteta Brunete Fraccaroli usou diversas peças em dourado

Foto: Juliana Bianchi

Destacados pelas luzes embutidas no nicho as peças ganham ainda mais vida no ambiente

Destacados pelas luzes embutidas no nicho as peças ganham ainda mais vida no ambiente

Foto: Juliana Bianchi

O equilíbrio entre o dourado e o marrom traz sofisticação, mas é preciso tomar cuidado para não pesar a mão

O equilíbrio entre o dourado e o marrom traz sofisticação, mas é preciso tomar cuidado para não pesar a mão

Foto: Divulgação

O dourado está presente até mesmo no lustre Baccarat da sala de jantar da arquiteta Brunete Fraccaroli

O dourado está presente até mesmo no lustre Baccarat da sala de jantar da arquiteta Brunete Fraccaroli

Foto: Divulgação

A luniária dourada - cor do momento - quebra a seriedade do azul e branco no projeto de Adriana Noya

A luniária dourada – cor do momento – quebra a seriedade do azul e branco no projeto de Adriana Noya

Foto: Divulgação

A luminária dourada confere sofisticação ao Wine Bar, ambiente assinado pela arquiteta Maithiá Guedes

A luminária dourada confere sofisticação ao Wine Bar, ambiente assinado pela arquiteta Maithiá Guedes

Foto: Juliana Duarte

No teto do bar planejado por Maithiá Guedes, o papel de parede imita rolhas com um suave toque de brilho dourado

No teto do bar planejado por Maithiá Guedes, o papel de parede imita rolhas com um suave toque de brilho dourado

Foto: Divulgação

O arquiteto Fabricio Rollo trouxe o tom do momento de forma concisa para o ambiente com estética dos anos 60

O arquiteto Fabricio Rollo trouxe o tom do momento de forma concisa para o ambiente com estética dos anos 60

Foto: Bruna Bessi / iG São Paulo

Léo Shehtman preferiu pontuar seu ambiente com peças que puxassem mais para o bronze

Léo Shehtman preferiu pontuar seu ambiente com peças que puxassem mais para o bronze

Foto: Juliana Bianchi

O mesmo fez a arquiteta Beatriz Dutra, em seu home office

O mesmo fez a arquiteta Beatriz Dutra, em seu home office

Foto: Juliana Bianchi

Molduras vintage na cor dourada reforçam a atmosfera clássica impressa no Bar do Relógio, de José Roberto Moreira do Valle

Molduras vintage na cor dourada reforçam a atmosfera clássica impressa no Bar do Relógio, de José Roberto Moreira do Valle

Foto: Juliana Bianchi

Na Casa Cor Goiás, o dourado também aparece com acabamento fosco no ambiente de Eliane Martins e Sheila Podestá

Na Casa Cor Goiás, o dourado também aparece com acabamento fosco no ambiente de Eliane Martins e Sheila Podestá

Foto: Divulgação

Quem disse que o banheiro também não pode ter um toque de dourado. Projeto de Camila Braga na Casa Cor Goiás

Quem disse que o banheiro também não pode ter um toque de dourado. Projeto de Camila Braga na Casa Cor Goiás

Foto: Divulgação

Um ano depois, sem pedir licença, o tom invadiu um dos maiores eventos do setor, a Feira Internacional do Móvel de Milão, que chegou à 53ª edição em 2014. Diversos profissionais e marcas seguiram os preceitos do universo da moda e usaram a cor sem medo de errar. Uma das mais aclamadas empresas da área, a Kartell, apresentou um espaço completamente dourado e ainda reeditou diversas peças famosas usando o tom de ouro. O mesmo aconteceu com outros nomes de peso, como o designer Tom Dixon, que apresentou diversas luminárias brilhantes. “A tonalidade adiciona brilho à decoração e cria uma atmosfera de luxo com um toque de sobriedade”, afirma o decorador José Roberto Moreira do Valle.

Mais: Conheça os ambientes da Casa Cor São Paulo 2014

Em 2014, a tendência pode ser vista também em diversos ambientes da Casa Cor SP, em cartaz no Jóquei Clube de São Paulo até 20 de julho. Um dos espaços mais “dourados” da mostra é assinado pela arquiteta Brunete Fraccaroli. Com 380 m², o projeto combina nuances de marrom com o brilho do ouro. “São cores que se complementam. É uma aposta excelente”, afirma a profissional. Logo na entrada, esculturas da Gabinete D Objetos reforçam essa atmosfera, bem como o papel de parede (Orlean) especificado por ela. “O tom vai bem tanto em pequenos detalhes quanto em superfícies maiores, como poltronas e paredes, desde que seja usado com bom senso”, comenta Brunete.

Outro ambiente da mostra que traz essa tendência é o Bar do Relógio, assinado por Moreira do Valle em parceria com a marca de cristais Baccarat. O tom está presente em molduras e nos castiçais vintage. “A ideia era misturá-lo com vermelho e a madeira escura, pois busquei inspiração nos bares clássicos dos anos 1960”, afirma. Segundo ele, a cor é fácil de combinar. “Não há restrições, pois ela é neutra, apesar do brilho. Então, é possível compor com tons neutros, quentes ou frios”, diz.

Se o projeto for clássico, o arquiteto Luis Pedro Scalise sugere uma mistura de dourado com cores pastel, como verde-claro e amarelo-palha. “Caso a ideia seja ter algo contemporâneo, aposte na composição com azul ou laranja”, explica o arquiteto, que assina o Lounge de Saída da Casa Cor 2014. No ambiente, ele usou o tom em lustres e nas esculturas de cavalos em tamanho real, que ganharam uma corrente feita com ouro amarelo e couro de peixe pirarucu (Fabrizio Giannone).

Na opinião de Brunete, todos os ambientes podem receber detalhes dourados. Molduras e cabeceiras são grandes candidatos nos quartos. Já na sala, a profissional recomenda o uso do tom em bibelôs, vasos, abajures e até em poltronas. Scalise, porém, não indica a cor em cozinhas. “Geralmente não é muito utilizado, pois o prata é sempre o mais procurado devido aos eletrodomésticos e à facilidade de limpeza. O dourado exige mais cuidado com a manutenção”, diz.

veja mais em: http://delas.ig.com.br/casa/decoracao/2014-06-01/dourado-e-tendencia-na-decoracao.html

Construção civil e reforma

Veja mais em Construção civil e Reforma

Veja mais sobre reforma aqui
Tel.: (21) 2427-9048
Tel.: (21) 2427-9167
optem@optem.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *